Experimente Grátis

6 dicas para quem quer monetizar o app

Equipe Cronapp

27/03/2019

6 dicas para quem quer monetizar o app

Já pensou em monetizar o seu aplicativo mobile? Os apps gratuitos podem, sim, gerar uma fonte de renda extra para o seu negócio — uma estratégia viável, lucrativa e que traz novas oportunidades para a empresa.

Parece muito bom, não é mesmo? Mas, como aproveitar o aplicativo para garantir este retorno? Se você tem dúvida sobre como monetizar o app, é hora de descobrir formas de garantir lucros por meio da ferramenta. Por isso, neste artigo, daremos algumas dicas para quem deseja começar a fazer a monetização. Confira!

Como ganhar dinheiro com um app gratuito?

Se você fizer uma pesquisa simples sobre os apps mais rentáveis nas lojas das empresas de celular vai perceber que a maioria deles é gratuita. O que antes era uma opção para combater a pirataria, hoje é a forma mais comum de monetizar um aplicativo.

Isso porque, ao oferecer o download grátis da sua solução, você consegue criar uma porta de entrada para os potenciais clientes sem qualquer obstáculo. É simples apertar o botão de instalar e dar uma olhada no que você tem a oferecer.

Esse é o ponto central de estratégias mobile nos últimos anos: o app não é o produto final na maioria dos casos, mas uma plataforma ou um serviço capaz de oferecer uma experiência que encanta o cliente em um ambiente controlado e personalizado pela empresa.

O resultado? Fidelização, comunicação e relacionamento direto entre público e marca. Você não só ganha mais dinheiro, como também cria uma base mais consolidada para o que tem a oferecer.

Qual é a importância de monetizar o app?

Quando o aplicativo é diretamente o produto da empresa, monetizá-lo significa ter viabilidade para o negócio. Mesmo que este não seja o caso, a renda trazida pelo app pode oferecer uma grande ajuda para aprimorar a marca em outros aspectos.

Um deles é o próprio crescimento da estratégia mobile. O dinheiro vindo de uma monetização indireta pode reforçar o orçamento da TI para o desenvolvimento de experiências mais sofisticadas — em um app mais completo e polido.

Toda receita é bem-vinda para uma empresa, mas é ainda melhor quando ela se torna constante e não demanda um esforço de manutenção grande.

Como monetizar o app?

Monetizar o app não é uma tarefa complicada como se pôde imaginar a princípio. Para ajudar você nessa tarefa, vamos mostrar 6 dicas que podem transformar o seu app em uma grande fonte de receita.

1. Entenda os padrões de uso e as necessidades do seu cliente

Independentemente do modelo ou da finalidade do app, é fundamental conhecer o seu público para oferecer o que ele precisa da forma que ele espera. Pode parecer óbvio, mas este é um passo que, muitas vezes, é ignorado por empresas que colocam um produto logo no ar.

Na monetização, este conhecimento é ainda mais importante, já que, ao medir e acompanhar o usuário e seu comportamento dentro do aplicativo, você poderá descobrir o que é mais atrativo para ele.

A que publicidade ele responde mais? Ele prefere microsserviços ou gosta mais de modelos de assinatura? Este é o tipo de resposta que você deve encontrar para elaborar toda a sua estratégia de monetização.

2. Inclua anúncios no aplicativo

Muitos desenvolvedores não gostam de usar ads anúncios contextuais e personalizados apresentados ao usuário de web ou mobile dentro de seus aplicativos. Mas, a estratégia, quando pensada para o uso do seu cliente, pode ser fantástica e trazer uma receita constante.

Powered by Rock Convert

Isso porque estes anúncios exigem um planejamento inicial, mas com alterações mais espaçadas. Porém, é sempre bom lembrar que publicidade invasiva incomoda e atrapalha a usabilidade do aplicativo.

É por isso que o tópico acima é tão importante, assim como a sua capacidade de coordenar setores de desenvolvimento, vendas e marketing em uma única solução.

3. Estabeleça parcerias

Uma boa ideia para a publicidade é estabelecer parcerias que incluam uma sugestão de produtos e serviços mais relevantes para o seu público.

Quando empresas complementares se juntam, as duas crescem. Esta parceria pode ser um determinado produto anunciado no app, uma venda em conjunto, ofertas exclusivas, entre muitas outras possibilidades.

4. Ofereça compras in-app

As compras no aplicativo são a solução mais utilizada hoje por quem lida com clientes finais. Neste caso, o aplicativo oferece funções básicas e interessantes para seu público, assim como acesso a uma experiência mais rica ou a novas funcionalidades por meio de pagamentos in-app.

É uma solução muito boa quando a experiência do seu aplicativo consegue cativar o usuário: ele gosta tanto, que quer mais e não hesita em pagar por isso.

Portanto, se você deseja seguir esta linha, é importante oferecer valor ao cliente. Independentemente da natureza do aplicativo, as compras precisam oferecer algo relevante, útil ou satisfatório para que o interesse não se transforme em frustração.

5. Cogite um modelo por assinatura

Outro modelo comum é o de assinatura, muito utilizado quando a empresa oferece um serviço recorrente. Neste caso, é possível criar uma barreira completa — só se utiliza o app mediante pagamento , mas a solução chamada de freemium é a mais efetiva.

Como ela funciona? O aplicativo é gratuito para baixar e completamente funcional, mas tem restrições que podem melhorar bastante a experiência do cliente se ele aderir à assinatura.

Um exemplo disso são os aplicativos de música como o Spotify. O usuário tem acesso grátis a todo o seu catálogo para ouvir, mas tem um limite de pulos de faixas por hora e precisa ouvir propagandas entre elas.

Aliás, uma dica muito boa é combinar estas estratégias. Quando seu app usa compras in-app ou assinaturas como alternativa aos ads, você consegue aumentar a receita em várias fontes e, ainda, tem mais opções para atrair e fidelizar o cliente.

6. Tenha uma plataforma para medir o sucesso da monetização

É muito mais fácil ganhar dinheiro com um app se você tiver o auxílio de uma plataforma integrada de desenvolvimento.

Esta integração colabora para que você tenha planejamento, execução e mensuração de resultados no mesmo lugar. Buscar uma solução como esta trará simplicidade para a gestão do aplicativo e mais visão de mercado. Lembre-se de que visão e estruturação são fundamentais para monetizar o app da maneira certa!

Gostou das nossas dicas? Então, nos siga nas redes sociais para saber ainda mais sobre desenvolvimento de aplicativos — estamos no Twitter, YouTubeLinkedIn, Instagram Facebook!

Artigos recentes

cronapp

Confira as últimas atualizações que realizamos no Cronapp!

18/06/2019

Confira 8 métricas de desenvolvimento ágil para você acompanhar!

17/06/2019

LGPD: você sabe como preparar sua empresa?

12/06/2019

Artigos recentes

cronapp

Confira as últimas atualizações que realizamos no Cronapp!

18/06/2019

Confira 8 métricas de desenvolvimento ágil para você acompanhar!

17/06/2019

LGPD: você sabe como preparar sua empresa?

12/06/2019