Experimente Grátis

Por que fazer a prototipação do seu software?

Equipe Cronapp

01/03/2019

No desenvolvimento de software, um protótipo é um modelo de funcionamento rudimentar de um produto ou sistema de informação, geralmente construído para fins de demonstração ou como parte do processo de desenvolvimento.

No modelo de prototipagem do ciclo de vida de desenvolvimento de sistemas (SDLC), uma versão básica do sistema é construída, testada e retrabalhada conforme necessário até que um protótipo aceitável seja finalmente alcançado, a partir do qual o sistema ou produto completo pode ser desenvolvido.

A prototipação é fundamental para a identificação de problemas no software e facilita o processo de validação. Neste artigo, vamos explicar sobre a importância da prototipação de um software. Quer entender mais? Então continue a leitura para conferir!

Por que o protótipo é tão importante para qualquer projeto de inovação?

A prototipagem é uma ferramenta poderosa para validar qualquer ideia. Alguns motivos para isso são:

Pontos que devem ser observados na prototipação

Possibilidade de se testar fluxos de trabalho

A prototipação permite que o engenheiro de software tenha uma visão da precisão das estimativas iniciais do projeto e se os prazos e marcos propostos podem ser atendidos com sucesso.

Coletar e testar feedbacks de usuários

O designer e o implementador de software podem obter um feedback valioso dos usuários no início do projeto. O cliente e o contratado podem comparar se o software feito corresponde à especificação, de acordo com o qual o programa de software é construído.

Testar opções diversas

Usando o feedback, tanto as especificações quanto o protótipo podem ser melhorados. Uma negociação sobre o que está dentro do escopo do contrato / produto pode ser necessária.

A prototipação é muito eficaz na análise e no design de sistemas on-line, especialmente para o processamento de transações, em que o uso de diálogos de tela é muito mais evidente. Quanto maior a interação entre o computador e o usuário, maior o benefício que pode ser obtido com a construção de um sistema rápido.

A prototipagem é especialmente boa para projetar interfaces humano-computador. Um dos usos mais produtivos da prototipação rápida até hoje tem sido como uma ferramenta para engenharia de requisitos de usuário e design de interface homem-computador.

Quais são as dimensões dos protótipos?

Jakob Nielsen resume as várias dimensões dos protótipos em seu livro “Usability Engineering”. Acompanhe!

Protótipo horizontal

Um termo comum para um protótipo de interface de usuário é o protótipo horizontal. Ele fornece uma visão ampla de todo um sistema ou subsistema, concentrando-se mais na interação do usuário do que na funcionalidade do sistema de baixo nível, como o acesso ao banco de dados.

Protótipos horizontais são úteis para:

Protótipo vertical

Um protótipo vertical é uma elaboração completa aprimorada de um único subsistema ou função. É útil para obter requisitos detalhados para uma determinada função, com os seguintes benefícios:

Powered by Rock Convert

Quais são os tipos de prototipação?

A prototipagem de software tem muitas variantes. No entanto, todos os métodos são de alguma forma baseados em duas formas principais: prototipação descartável e prototipação evolutiva.

Prototipação descartável

Refere-se à criação de um modelo que eventualmente será descartado, em vez de se tornar parte do software final entregue. Depois que a coleta de requisitos preliminares é realizada, um modelo de trabalho simples do sistema é construído para mostrar visualmente aos usuários como seus requisitos podem parecer quando são implementados em um sistema acabado.

Em resumo, nesta abordagem, o protótipo é construído com a ideia de que será descartado e o sistema final será construído do zero. As etapas desta abordagem são:

Prototipação evolutiva

A prototipação evolutiva é bem diferente da descartável. O principal objetivo ao usar a prototipação evolutiva é construir um protótipo robusto de maneira estruturada e refiná-lo constantemente. A razão para esta abordagem é que o protótipo evolutivo, quando construído, forma o coração do novo sistema, e as melhorias e outros requisitos serão então construídos.

Esta técnica permite que a equipe de desenvolvimento inclua recursos ou faça alterações que não puderam ser concebidas durante a fase de requisitos e design. Os protótipos evolutivos têm uma vantagem sobre os protótipos descartáveis, pois são sistemas funcionais. Embora possam não ter todos os recursos planejados pelos usuários, eles podem ser usados interinamente até que o sistema final seja entregue.

Prototipação incremental

O produto final é construído com protótipos separados. No final, os protótipos separados são mesclados em um design geral. Com a ajuda da prototipação incremental, o intervalo de tempo entre o usuário e o desenvolvedor de software é reduzido.

Prototipação extrema

A prototipação extrema como um processo de desenvolvimento é usada especialmente para o desenvolvimento de aplicativos da web. Basicamente, ela divide o desenvolvimento da web em três fases, cada uma baseada na anterior.

A primeira fase é um protótipo estático que consiste principalmente em páginas HTML. Na segunda fase, as telas são programadas e funcionam totalmente usando uma camada de serviços simulada. Na terceira fase, os serviços são implementados.

O processo é chamado de prototipação extrema para chamar a atenção para a segunda fase do processo, em que uma interface de usuário totalmente funcional é desenvolvida com muito pouca atenção aos serviços além do contrato.

Quais são as vantagens da prototipação?

Há muitas vantagens em usar a prototipagem no desenvolvimento de software, algumas tangíveis, outras abstratas.

Tempo e custos reduzidos

A prototipação pode melhorar a qualidade dos requisitos e especificações fornecidas aos desenvolvedores. Como as mudanças custam exponencialmente mais para serem implementadas, conforme são detectadas posteriormente no desenvolvimento, a determinação inicial do que o usuário realmente deseja pode resultar em um software mais rápido e mais barato.

Melhoria e maior envolvimento do usuário

A prototipação requer o envolvimento do usuário e permite que ele veja e interaja com um protótipo, permitindo que forneça feedback e especificações melhores e mais completas. A presença do protótipo sendo examinado pelo usuário evita muitos mal-entendidos e falhas de comunicação que ocorrem quando cada lado acredita que o outro entende o que disse.

Como os usuários conhecem melhor o domínio do problema do que qualquer um da equipe de desenvolvimento, o aumento da interação pode resultar em um produto final com maior qualidade tangível e intangível. O produto final tem maior probabilidade de satisfazer o desejo do usuário na aparência e no desempenho.

Se você gostou deste artigo sobre prototipação, aproveite a visita em nosso blog e confira também como empreendedores podem ter alta produtividade com software de tecnologia!

Artigos recentes

5 tendências para chatbot que você precisa conhecer!

21/05/2019

Aplicativo em nuvem ou site mobile: qual o ideal para o seu cliente?

17/05/2019

Você sabe o que são empresas unicórnios? Saiba mais sobre este modelo de startups

Você sabe o que são empresas unicórnios? Saiba mais sobre este modelo de startups

10/05/2019

Artigos recentes

5 tendências para chatbot que você precisa conhecer!

21/05/2019

Aplicativo em nuvem ou site mobile: qual o ideal para o seu cliente?

17/05/2019

Você sabe o que são empresas unicórnios? Saiba mais sobre este modelo de startups

Você sabe o que são empresas unicórnios? Saiba mais sobre este modelo de startups

10/05/2019